Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

lagrimar

quando vento sopra forte ele traz a tempestade na pele, mar se fez

vem buscar

"fiz um poema para você.
espere.
e logo sentirá"

(das coisas que sopram na madrugada)