Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Akua Naru - Poetry: How Does It Feel Now

"i want to make love to your existence. drenched in the colors of your energy, then masturbate to the memories. i wanna lose myself inside yourself. until you find me, confine me, to the freedom, of your prison. exist in the same space, same time. combine. until your thoughts slow grind with mine.combine. until your thoughts slow grind with mine. combine. until your thoughts slow grind with mine."

nu

têm frases que me sopram aos ouvidos

outras que me sopram nos dedos

o corpo

o todo

guarda um sopro que se faz nu

palavras em corpo inteiro

distanciamentos

o ser alado, voa
silêncio, 
ele calado
dança, revoa
te traz pra cá, do meu lado

pra lavar

a palavra não deixa de ser
caiu no chão
cavou espaço, virou larva
choveu, 
se fez terra lavrada
palavra lavada
e ainda assim,
é palavra