Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Cria

Elaeu um dia reencontrou sua criança
Elaeu, sua cria
Elaeu, sua dança
Elaeu se lança
Um dia Elaeu alcança
caminha bordadeira de suas andanças
nos fios: a trança
Elaeu nas fronteiras de esperanças
num mesmo lugar Elaeu balança
Elaeu a noite se torna cria de sua dança


Oriente

então Elaeu barulhava
ouvia-se em ruidos mais do que ruidosos
ouvia-se nos seus ru-Idos silenciosos
cio d'Elaeu de cada dia
tudo ecoava
e
cingia
d'Elaeu nada partia