Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

fim

nos encerramentos da vida
o coração silenciado 
respira

silêncio, reconstruo 
o meu inteiro interior

tem oração

cai 
sai 
corri para dentro de mim
num véu de ilusão tecido pelos caminhos percorridos
observei 
escutei
nesse caminho tem coração?
pulsei
impulsei
e retirei de mim o que eu sei
nesse cão-guia que é o coração
se faz a proteção

se-mente-mento

sentimento se fez assim
vento soprou 
virou semente dentro do corpo

átomos

sem janelas
sem portas
consigo ver o horizonte